Arquivo da tag: cadela

Tumor de mama em cadelas – Câncer em cadelas

Câncer – Tumor de mama em cadelas tem cura?

Tumor de mama e câncer em cadelas é uma enfermidade que acomete principalmente fêmeas de cães e infelizmente é muito mais comum do que muita gente imagina, provavelmente é o tipo de câncer mais comum em cadelas não castradas e muitas vezes pode ser tratado com sucesso, se for detectado precocemente.

tumor de mama e câncer em cadelas

tumor de mama e câncer em cadelas

Se todas as cadelas e gatas que não estiverem destinadas a serem reprodutoras, forem esterilizadas antes de seu primeiro cio, esta doença poderia ser quase completamente erradicada. Se você encontrar um crescimento ou nódulo no tecido mamário de sua cadela, você deve informar o seu veterinário o mais rápido possível e não deverá tomar uma atitude de ” esperar para ver”.

A castração reduz muito as chances de uma cadela desenvolver câncer de mama. Em cadelas castradas antes de seu primeiro cio, o risco de desenvolver câncer de mama é realmente bastante raro. Cadelas castradas antes do primeiro cio, possuem uma probabilidade de 0,05% de desenvolver tumores mamários. Cadelas que foram castradas após ter passado pelo primeiro cio tem uma probabilidade de 8% de desenvolver câncer de mama. Já as fêmeas de cães que foram castradas após terem passado pelo segundo cio já tem uma probabilidade de 26% de desenvolver câncer de mama. Acredita-se que a eliminação ou a redução de hormônios como o estrogênio e a progesterona provoquem a diminuição da incidência desta doença em cadelas castradas.

Saiba + Sobre Tumor de mama e câncer em cadelas

Tumor de mama em cachorras

Anúncios

Chegou a hora do parto da Cadela?

Sua cadela vai ter filhotinhos pela primeira vez e você não sabe se ela é capaz de fazer tudo sozinha?

Bom, a maior parte das cachorras já tem um instinto natural e fazem tudo certinho neste momento.

Ninhada

Ninhada

Agora, também é verdade que podem acontecer uns probleminhas na hora do parto da cadela

  • Você quis que sua cachorra tivesse filhotinhos, ou ela cruzou sem querer?
  • Você acompanhou ela cruzando?
  • Você foi no veterinário fazer o pré natal?
  • Você vacinou sua cachorra antes de cruzar? Isso é muito importante!
  • Você vermifugou sua cachorra durante a gravidez?
  • Você deu ração de filhote durante a gestação?
  • Você fez exame de brucelose antes da cruza? No macho e na fêmea? Ai ai ai… este exame é muito importante, pois esta brucelose é uma zoonose que provoca aborto, você sabia?
  • E ainda tem as doenças congênitas que só um veterinário pode avaliar através de exame de sangue de ambos os cachorros.
  • Ah, e também tem o exame de radiografia coxofemoral que tem que ser realizado bem antes do acasalamento, para ver se o animal tem displasia!

Ufa! Bom, se você realizou todos os exames e aparentemente está tudo bem com sua cachorrinha, é bem provável que o parto dela seja um sucesso e que os filhotes tenham saúde. No entanto se nada foi planejado e você não realizou exames, coisas chatas podem acontecer. É sempre beeem importante você ter um veterinário avisado, que cheque sua cachorra antes do parto, que passe para você a data do nascimento certinho, para ficar de olho na cachorra e assim você possa correr pedindo socorro para ele se alguma coisa parecer errada. Muitas cachorras infelizmente podem morrem de eclâmpsia na hora do parto e isso é muito triste!

Outra coisa que pode acontecer é que os filhotinhos podem ter dificuldade para nascer por motivos diversos, ou um filhote morreu dentro da mãe e impede o nascimento dos outros, enfim…O veterinário é a única pessoa que tem o poder de salvar sua cachorrinha se der algum problema na hora do parto, por isso sempre tenha um veterinário bacana, que passe o celular para você, pois as cadelas normalmente tem filhotes nas horas mais absurdas. E sempre tem risco de precisar de cesariana! Ah, e isso custa caro, tá?

Bom, selecionei alguns links sobre o assunto e coloquei logo aqui embaixo, assim você poderá se aprofundar bastante sobre tudo  que envolve o ciclo reprodutivo da sua cachorra.

Lembre-se que todo animal tem sentimentos, sente dor, frio, fome, gosta e precisa de carinho e muito de amor. Não seja irresponsável com a vida de quem oferece a vida por você!

Pense duas vezes antes de acasalar seu cachorro, nem sempre os resultados do parto são uma coisa bacana, se der certo, é legal, mesmo assim você será responsável pela vida de cada cachorrinho que nascer. Os filhotes também precisam de um lar amoroso que possa dar todo cuidado, conforto e carinho de que eles necessitam. Você vai poder oferecer isso para eles? Pois é! Não é mole não! 😛

Quer saber mais sobre os cachorros?

Quer saber mais sobre o cio e o ciclo reprodutivo das cadelas?

Escolha os nomes para os filhotinhos!!! 😉